Noticias

Apeti Summit 2016: oportunidades disfarçadas

14/11/2016

Evento aconteceu no dia 11 de novembro, com o apoio do Senac Rio Preto


No dia 11 de novembro, a Apeti Rio Preto realizou a terceira edição do Apeti Summit. Um encontro anual que já faz parte da agenda de eventos do setor de TI da região. Com o apoio do Senac Rio Preto (SP) e patrocínio da Shift e Unimed Rio Preto, o Apeti Summit abordou o tema “oportunidades disfarçadas”. O assunto, que não se restringe apenas ao universo da TI, reuniu mais de 100 profissionais, empreendedores e empresários que sabem, que quanto maior o desafio, maior a chance de usar a criatividade para reinventar e repensar o seu negócio, produto ou serviço.

 

Ao longo da manhã, seis convidados que apresentaram três palestras e três painéis que comprovam: é justamente em períodos de crises e desafios, que grandes oportunidades surgem. “Crises nos obrigam a pensar diferente, a tomar decisões que não tomaríamos de outra forma. E essa é a proposta do Apeti Summit: pensar diferente”, explica Jean Daher, presidente da Apeti. Confira as dicas dos três palestrantes que subiram ao palco do Apeti Summit 2016 para quem não quer deixar passar mais nenhuma oportunidade disfarçada.

 

O segredo é...

 

Responsável por abrir o 3º Apeti Summit, o consultor e palestrante, Pedro Furquim, falou sobre como é possível identificar oportunidades com mais facilidade: “É preciso provocar uma inquietação coletiva – ninguém faz nada sozinho. Quando estamos juntos, criamos uma célula de inovação e geração de valor que vai nos permitir discutir alternativas e acabar com a reserva de incompetências que nos apegamos. E o mais importante: estabelecer ações com responsabilidades e prazos, com pressão para cumprimento de prazo. Parece óbvio, mas na prática, quase ninguém faz isso”, alerta o consultor.

 

Para André Faria, CEO da Bluesoft, palestrante e escritor, questionar é a chave para descobrir oportunidades. “Tudo deve começar com uma pergunta: “por que”? Não é o que nós fazemos que deve nos tirar da cada cama todas as manhãs, é o porquê nós fazemos. Visualize o que você faz e tente explicar porque está fazendo isso. Não tente ser todo mundo. O que seus clientes valorizam? O que você valoriza?”, questiona André. E ele lembra: “As oportunidades existem, mas você precisa reconhecê-las e só fará isso conhecendo muito bem você e o que você faz de melhor”.

 

O Apeti Summit foi encerrado com a palestra de Leonardo Matos, que falou sobre sua trajetória e sobre o produto que caiu na graça dos consumidores, mesmo com o nome pouco convencional: Bosta em Lata. Leonardo, que já atuou em diversos setores, agora, vende adubo em lata. A ideia fez tanto sucesso que ele recebeu, do mercado livre, o prêmio de "melhor vendedor do Brasil". “Foram muitos aprendizados até chegar aqui. Mas saber escutar, sem dúvida, é uma das grandes virtudes que descobri. Quando ouvimos o cliente, o colega de trabalho, o parceiro, somos mais capazes de perceber um padrão nos feedbacks que recebemos. O que parece apenas mais um comentário, pode ser uma boa ideia e uma grande oportunidade disfarçada”, conclui o empreendedor. 

 

  

  

 

 

 

 

Tel. (17) 98211-0045

  Apeti - Associação dos Profissionais e Empresas de Tecnologia da Informação
Av. João Batista Vetorazzo, 805 - BOX 11C - Dist. Ind. Waldemar de Oliveira Verdi
CEP.: 15035-470  |  São José do Rio Preto/SP  |  Email: apeti@apeti.org.br
 

Desenvolvido por Webplus